Veto ao ensino domiciliar é derrota da liberdade

O Supremo Tribunal Federal vetou a prática do ensino domiciliar. É uma derrota para a liberdade de ensino, reduzindo a concorrência salutar com o sistema escolar e as possibilidades de pais darem o melhor para seus filhos, segundo sua própria estimativa.
Compreendo e partilho das inquietações que levaram 9 dos 11 ministros a votar contra o ensino domiciliar, mas elas jamais deveriam constituir um motivo para vetá-lo completamente, e sim para regular a forma como é implementado pelas famílias. O voto vencido do ministro Barroso, favorável à prática, contemplava essas demandas.
Em primeiro lugar, é preciso garantir que, se a criança recebe Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!